Cinemateca

Por ser extremamente dinâmico, instigante e acessível, o cinema é um meio de comunicação com grande potencial informativo, segundo Suely Amorim Araújo (2007), desde os primórdios da produção cinematográfica a indústria do cinema sempre foi considerada, inclusive pelos próprios produtores e diretores, um poderoso instrumento de educação e instrução. Pode-se dizer que, como afirma Alencar (2007):

O cinema possibilita o encontro entre pessoas, amplia o mundo de cada um, mostra na tela o que é familiar e o que é desconhecido e estimula o aprender. Penso que o cinema aguça a percepção a torna mais ágil o raciocínio na medida em que, para entendermos o conteúdo de um filme, precisamos concatenar todos os recursos da linguagem fílmica utilizados no desenrolar do espetáculo e que evoluem com rapidez. (ALENCAR, 2007, p. 137).

Percebe-se, então o poder dos filmes em despertar emoção, reflexão e conhecimento, a sétima arte se torna então uma preciosa ferramenta pedagógica tanto para os professores como para os pais.

Vamos dar uma mãozinha apresentando aqui alguns títulos que proporcionarão aprendizado de forma prazerosa para você e seus alunos. Veja:

A cor do paraíso (1999)

Este é um dos mais bonitos e emocionantes filmes dos últimos tempos. Uma produção iraniana que recebeu muitos prêmios mundo afora. ‘A Cor do Paraíso’ narra a comovente história de Mohammad, um menino cego que mora numa escola para deficientes visuais e que, nas férias, volta para seu vilarejo nas montanhas, onde convive com as irmãs e sua adorada avó. O pai, que é viúvo, se prepara para casar novamente. Mohammad é um garoto muito vivo, que tem uma enorme sensibilidade. Seu jeito simples de ‘ver o mundo’ é uma lição de vida.

A corrente do bem (2000)

Desafiado por um professor, o pequeno Trevor McKinney cria um projeto que pretende mudar o mundo. Trata-se de um jogo de retribuição por meio do qual os envolvidos devem devolver qualquer gentileza recebida, ajudando três outras pessoas. É criada, assim, uma corrente de solidariedade. A ideia surpreende e alcança muitos adultos ao redor, mostrando que é possível melhorar o mundo com pequenos gestos. Não é uma lição e tanto?

Além do quadro negro (2011)

Uma professora pela primeira vez supera seus medos iniciais e preconceitos e faz a diferença na vida das crianças de rua que ela ensina em uma sala de aula improvisada em uma casa de abrigo. Baseada em uma estória verdadeira.

A onda (2008)

No filme alemão, Rainer Wegner, professor de ensino médio, deve ensinar seus alunos sobre autocracia. Devido ao desinteresse deles, propõe um experimento que explique na prática os mecanismos do fascismo e do poder. Wegner se denomina o líder daquele grupo, escolhe o lema “força pela disciplina” e dá ao movimento o nome de A Onda. Em pouco tempo, os alunos começam a propagar o poder da unidade e ameaçar os outros. Quando o jogo fica sério, Wegner decide interrompê-lo. Mas é tarde demais, e A Onda já saiu de seu controle.

Escola da Vida (2005)

O filme relata a chegada do professor Michael D’Angelo para substituir o professor de história, ele acaba abalando o sistema pedagógico da tradicional Falbrook Middie. Sua conduta desperta a veneração dos alunos que estavam acostumados com aulas meramente expositivas. Também obtém o respeito e a admiração dos colegas de trabalho que o consideram como modelo. Exceto Matt Warner, que ministra as aulas de Biologia e almeja receber o titulo tão cobiçado por todos, sentindo-se ameaçado passa a competir obsessivamente com o popular Michael D’Angelo, mais conhecido como Sr. D.

Escritores da liberdade (2007)

Em Los Angeles, uma dedicada professora de uma escola dividida por raças ensina uma turma de alunos adolescentes que apresenta problemas de aprendizagem. Ela tenta inspirá-los a acreditarem em si mesmos e a atingirem o sucesso, pois estão prestes a serem reprovados.

Gênio indomável (1997)

Gênio indomável conta a história de um jovem órfão e arrogante que tem um grande potencial intelectual. Trabalhando como faxineiro no Massachusetts Institute of Technology (MIT), é casualmente descoberto por um docente ao resolver uma complexa equação lançada como desafio aos alunos. O contato com o professor e, posteriormente, a amizade com seu terapeuta, ajudam o rapaz a se reestruturar e finalmente desenvolver suas capacidades. O filme mostra, de forma instigante e sutil, o valor que a educação formal pode ter e, principalmente, a importância do amparo emocional na construção do indivíduo.

Mãos Talentosas (2009)

O filme mostra dois momentos: Ben já adulto com a dúvida se faria uma cirurgia nunca antes feita, a de separar gêmeos siameses unidos pela cabeça; e Ben criança, quando de fato é contada a história dele até sua decisão de fazer a cirurgia.

Menino pobre, negro, filho de mãe separada e analfabeta, Ben era um aluno com baixíssimo rendimento, que sofria preconceito por parte de seus colegas e que se achava completamente incapaz de ser e conseguir algo na vida, entretanto, sua mãe, maior incentivadora do futuro neurocirurgião, faz de tudo para que ele acredite em seu potencial e é quando ela se depara com a biblioteca de seu patrão, que percebe o que poderia ajudá-lo a mudar seu futuro.

Meu nome é Rádio (2003)

O filme mostra como uma simples atitude pode mudar uma comunidade inteira. São lições de amor e de amizade que reverberam pela cidade inteira, gerando reflexão e ensinando novos valores àqueles que estavam presos em suas convicções distorcidas e preconceituosas.

Um filme incrível que retrata com maestria os valores humanos e o poder da amizade verdadeira.

Música do coração (1999)

Depois de ser abandonada pelo marido, a deprimida professora de música Roberta, deixa a segurança de sua pequena cidade e se muda para o East Harlem com um objetivo: dar as crianças esperança, orgulho e poder para fazer algo por elas mesmas da forma mais improvável – através de cinquenta violinos. Após 10 anos de ensino, o programa tem sucesso e atrai o reconhecimento público.

Nenhum a menos (1999)

O filme “Nenhum a menos” se passa na zona rural chinesa, mais especificamente numa escola extremamente precária, como é ainda hoje bastante comum na zona rural do país. Trata-se de uma história em que as dificuldades da situação e da relação institucional que se impõe são superadas e se estabelece uma relação de aprendizagem verdadeira.

O céu de outubro (1999)

O filme tem como pano de fundo a corrida espacial entre Estados Unidos e Rússia nos anos 1950. Homer é um adolescente americano, vindo de uma família de mineiros, que resolve lançar um foguete no espaço. Inicialmente desacreditado pela família, Homer encontra no amigo nerd (Quentin) e na professora (Riley) o apoio necessário para dar seguimento à empreitada. É uma boa história para mostrar como garotos comuns podem colocar a ciência em prática e conquistar seus sonhos.

O Clube do Imperador (2002)

Um professor de Cultura Latina de uma escola americana de tradição inglesa, em regime de internato, com uniformes e sessões solenes dignas desse nome, tem a missão de leccionar uma das matérias mais aborrecidas do curso. Como motivar os alunos e captar-lhes a atenção? Em princípio parece simples, pois os alunos querem obter uma excelente classificação e triunfar também nessa disciplina. Os objetivos de todos convergem. Tudo corre bem.
Surge então o drama. Um estudante é obrigado pelo pai a ir estudar para lá. Não está interessado em nada. É contra tudo. O seu poder de sedução perante os colegas é enorme. A rebeldia cativa. Usa o uniforme com desleixo. Quebra regras. Provoca. O professor enfrenta-o.

O dia depois de amanhã ( 2004)

Em um cenário apocalíptico recheado de furacões, tempestades e até congelamento dos oceanos, o filme mostra a resistência de uma família para sobreviver a todo esse desastre. Assim, no decorrer da narrativa, o espectador é levado a refletir sobre a problemática ambiental e os limites a que estamos expostos.

O Grande Desafio (2007)

Com roteiro de Robert Eisele, foi baseado na história real de Melvin B. Tolson (Denzel Washington), professor de uma pequena universidade voltada para negros no Texas no ano de 1935. O personagem de Denzel Washington é um professor que vive no Texas na década de 1930 e monta um grupo de debate com seus alunos universitários. Tolson conseguiu formar um time de debate, e, com muito esforço e enfrentando o racismo, os alunos foram capazes de superar os garotos da renomada Havard em uma competição nacional.

O menino do pijama listrado (2008)

Esse longa-metragem é um drama ficcional que aborda a pureza e a amizade de dois garotos inseridos no contexto do Holocausto. O detalhe é que um deles é filho de um oficial e o outro, judeu. O filme expõe como a propaganda nazista penetrava nas famílias e contrasta as perspectivas denunciando como a intolerância e a violência podem destruir muitas vidas.

O Show de Truman: O Show da Vida (1998)

No filme, a vida do protagonista – Truman – é transmitida via satélite para todo o mundo. Toda a “realidade” que Truman acredita, não passa de uma construção cinematográfica. A cidade, sua esposa, seu amigo, seu emprego, tudo não passa de uma representação. E é nesse ponto que o filme encontra-se com a vida na contemporaneidade. Vivemos sob o impacto constante da mídia, a qual nos proporciona uma “realidade” construída e nós como bons atores, participamos euforicamente do espetáculo da sociedade.

O Sorriso de Mona Lisa (2003)

Katherine Watson é uma recém-formanda da UCLA que foi contratada, em 1953, para lecionar História da Arte na prestigiosa Wellesley College, uma escola só para mulheres. Determinada a confrontar valores ultrapassados da sociedade e da instituição, Katherine inspira suas alunas tradicionais, incluindo Betty e Joan, a mudarem a vida das pessoas como futuras líderes que serão.

Os Croods (2013)

A animação conta a trajetória de uma família pre-historia que prioriza a sobrevivência, especialmente após terem assistido as outras famílias serem destruídas. A chama do MEDO é mantida acesa, não é possível enfrentar o NOVO, que deve ser evitado a qualquer custo. Muitas famílias se portam de modo semelhante, especialmente após alguma tragédia ou sofrimento demasiadamente ameaçador. O sistema familiar fechado é sinônimo de família disfuncional. O medo de enfrentar mudanças fica evidenciado. Na realidade, não só as famílias vivem assim, há também indivíduos que se fecham em si mesmos, evitando contato com o novo e alimentando o medo de tudo e de todos, tudo em nome da proteção.

Patch Adams – O amor é contagioso (1998)

Patch Adams descobre que o humor e o carinho podem fazer maravilhas e ajudar a curar pessoas hospitalizadas, mas suas ideias entram em conflito com os defensores da medicina tradicional.

Primeiro da classe (2008)

O filme é estrelado pelo ator James Joseph Wolk que dá vida ao professor Brad Cohen, personagem com a Síndrome de Tourette.
Já adulto e formado, Brad começa a correr atrás do seu sonho, ser professor, mas o preconceito com a Síndrome é a sua maior barreira. Apesar de um bom currículo as manifestações da Síndrome o reprovam nas entrevistas. Depois de muita procura, uma escola o contrata. Pela primeira vez Brad foi observado com o profissional e não por sua Síndrome.

Sociedade Dos Poetas Mortos (1989)

O filme mostra a história de uma classe de alunos do tradicional colégio Welton, cujas palavras de ordem eram “tradição, disciplina, honra e excelência”, um modelo de educação que os pais almejavam para seus filhos, já que exerciam forte influência sobre o futuro deles.

Durante a cerimônia de abertura do ano letivo, o novo professor, John Keating, é apresentado aos estudantes e, devido a seus métodos pouco convencionais, ganha a simpatia dos alunos, mas, em contrapartida, provoca incômodo à Direção do Colégio.

Somos todos diferentes (2007)

O filme conta a história de uma criança que sofre com dislexia e custa a ser compreendida. Ishaan Awasthi, de 9 anos, já repetiu uma vez o terceiro período (no sistema educacional indiano) e corre o risco de repetir de novo. As letras dançam em sua frente, como diz, e não consegue acompanhar as aulas nem focar sua atenção.

Treino para a vida (2005)

Em 1999, Ken Carter retorna para sua antiga escola em Richmond, Califórnia, para colocar o time de basquete em forma. Com muita disciplina e regras duras, ele consegue fazer a equipe vencer. Mas quando as notas dos jogadores começam a baixar, Carter fecha o ginásio e interrompe o campeonato. O treinador é criticado pelos jogadores e seus pais, mas está determinado a fazer com que os jovens sejam vencedores tanto na escola quanto na quadra.

Um sonho possível (2009)

A narrativa começa com uma família branca ajudando um adolescente negro que vive como sem-teto. Com o tempo, tal ato solidário acaba se convertendo em adoção. Acolhido no seio de sua nova família, Michael Oher se descobre um atleta de talento. Porém, antes de vencer na carreira esportiva, o jovem precisa enfrentar muitos preconceitos. Durante esse percurso, Michael transforma não só sua própria vida como também a vida de todos à sua volta, enchendo-os de provas de afeto e generosidade.

Uma mente brilhante (2001)

Inspirado na história real do matemático John Nash, o drama retrata a vida de um estudante solitário que é um verdadeiro gênio da Matemática. Apesar de antissocial, John é tão obstinado que alcança a fama e o prestígio na carreira acadêmica ao formular uma tese revolucionária. Sofrendo de transtornos mentais, recebe o diagnóstico de esquizofrenia. Com isso, em meio a números e alucinações, John custa a se recuperar, conseguindo voltar à vida em sociedade. É uma história de mérito e superação em que o próprio protagonista carrega na mente as causas tanto do seu infortúnio como do seu sucesso.

Vermelho como o céu (2006)

Um acidente com um rifle compromete a visão do pequeno Mirco, quando ele tinha apenas 10 anos. Vivendo na escuridão, é considerado incapaz e impedido pelo governo da Itália de frequentar escolas públicas. Os pais são obrigados a enviá-lo para Gênova, onde passa a estudar num instituto especial para deficientes visuais.

Determinado a vencer as dificuldades, o garoto apaixonado por cinema descobre um antigo gravador e um novo mundo através das histórias sonoras que começa a criar. Não demora para que obstáculos apareçam e ele é criticado pelos diretores religiosos da escola. Ao longo de sua história, vai conquistando os colegas e quebrando barreiras até então não imaginadas para um menino cego.

Wall-e (2008)

Nesse longa de animação, somos convidados a acompanhar o simpático robozinho Wall-e. O ano é 2700 e o pequeno robô habita sozinho o planeta, já que a toxidez do ambiente tornou a vida orgânica inviável. Wall-e cumpre sua missão, como foi programado: compactar e organizar o lixo. No dia a dia, ao recolher e compactar o entulho, acaba se tornando um colecionador. E um dos itens de sua coleção é chave para a regeneração da Terra. Cativante e encantador, o filme se encaixa no campo da educação ambiental por mostrar o esgotamento dos recursos naturais e a indolência da população com a preservação do planeta.